Clamidiose Felina

22/11/2011 16:58

Clamidiose Felina

A Clamidiose é causada por uma bactéria chamada Clamidia psittaci. Além de infectar os gatos, também pode ser transmitida para pássaros e humanos, portanto, trata-se de uma zoonose.

A doença pode ser transmitida de um gato infectado a outro por contato direto ou pelo contato com secreções infectadas. Gatas prenhes infectadas também podem transmitir a bactéria a seus filhotes recém-nascidos.

Os sinais clínicos incluem conjuntivites e rinites, além de conjuntivite neonatal, comum em animais nascidos de gatas contaminadas ou em gatis infectados. Na maioria dos casos, os sintomas podem persistir por 2 a 3 semanas, entretanto, nos casos mais crônicos, com infecção secundária, os sintomas podem permanecer por vários meses.

A importância desta enfermidade dá-se pelo fato de os felinos previamente infectados poderem apresentar episódios recorrentes da doença, particularmente em locais de grande concentração de animais. Isto ocorre porque a defesa natural frente a este agente é curta, e alguns animais continuam a eliminar o microrganismo por algum tempo no ambiente, mesmo após o desaparecimento dos sintomas clínicos. Por esta razão, a clamidiose acaba sendo uma enfermidade de difícil controle.

Com relação ao tratamento, ele é feito através de pomadas oftálmicas que devem ser aplicadas em média 6 vezes ao dia durante no mínimo 10 dias.

A melhor maneira de evitar a doença é através da vacinação dos animais. A desinfecção ambiental com hipoclorito de sódio ou com amônia quaternária em locais de grande concentração de animais também ajuda a evitar futuras infecções.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!